Você Mulher, pode aprender algo muito legal e ainda Faturar Muita grana Criando Tiaras para Bebê em sua Casa. Cadastre-se GRÁTIS e vejo o Vídeo falando sobre como isso funciona...

Maristela Duarte

Até que ponto vale a desconfiança no casamento?

Neste artigo Maristela Duarte explica que sentir medo de perder a pessoa amada é normal, no entanto, o excesso pode ser prejudicial. Confira!

Este é mais um Guest Post escrito por Maristela Duarte. Veja mais artigos dela aqui.

O casamento é um dos momentos mais sonhados pelas mulheres e um passo importante para o casal iniciar sua vida conjunta.

No entanto, muitas vezes temos tanto medo de perder nosso amado e jogar tudo no lixo que acabamos tendo muito ciúmes e começamos a desconfiar mesmo quando não há motivos.

Sentir medo de perder a pessoa amada é normal, assim como ter um pouco de ciúmes. No entanto, o excesso pode ser prejudicial, levando o companheiro a pensar que não confiamos nem um pouco nele, e até mesmo que não o amamos.

Algumas vezes, o caso se torna tão obsessivo que mulheres recorrem à um detetive particular para certificar-se da traição, que muitas vezes não existe.

Confiança é necessária

Desconfiança (2)

Confiar no parceiro e viver de forma com que ele confie em você é necessário para construir uma vida a dois duradoura e feliz.
A desconfiança traz tristeza e infelicidade, podendo até mesmo acabar com o casamento.

Não abusar da confiança do marido também é importante, e vice-versa. Não é porque um confia no outro que devemos abusar disso, usar roupas provocantes ou conversar abertamente com outros homens.

O recato é uma virtude feminina e deve ser preservada, antes e durante o casamento.

O que fazer em caso de adultério?

Desconfiança (1)

Perceber que nosso parceiro não está sendo fiel é doloroso e muitas mulheres podem não aceitar.

O primeiro passo é conversar e pedir sinceridade. Caso ele não assuma o erro, você pode buscar outras formas de descobrir a verdade.
Aceitar a traição ou não depende de cada mulher, de suas virtudes e de sua criação.

Ter um casamento estruturado, com fidelidade e amor recíprocos não é uma tarefa fácil, mas deve ser sempre buscado pelos casais, como forma de construir uma família temente à Deus e com dignidade.

E quando desconfiamos dos filhos?

Muitas vezes a desconfiança na família não se refere ao nosso marido, mas sim aos filhos, especialmente quando eles são jovens e entram na adolescência.

Não é possível estar ao lado deles a todo o momento, vendo tudo o que fazem e principalmente nessa fase as tentações podem ser difíceis de se evitar, mesmo com toda a orientação familiar que damos aos pequenos.

Orientar os jovens é tarefa dos pais e também da igreja, que deve sempre aconselhá-los a escolher o caminho do bem e que leva a Deus, apesar das tentações aparecerem a cada minuto e nas mais variadas formas.

Com a internet cada vez mais presente fica ainda mais fácil ter acesso ao que não deve ser visto e compartilhado, causando ainda mais danos às pessoas em geral, mas especialmente aos jovens, que muitas vezes ainda não tem sua formação completa e são mais suscetíveis aos erros.

Em casos graves, a família pode recorrer a um detetive e descobrir qualquer desvio de conduta do jovem.

Assim é possível identificar atitudes e situações inadequadas a tempo e poder salvá-lo do caminho da danação, impedindo o uso de álcool, tabaco e outras drogas logo no início, salvando sua alma antes que algo mais grave aconteça.

Em resumo

Quer seja em relação a seu cônjuge, filhos, amigos, etc… A desconfiança não é um sentimento que deva ser alimentado e conservado, mas muitas vezes ela pode ajudar a salvar nossos jovens ou até mesmo nosso casamento, ao descobrirmos erros de conduta que podem ser revertidos a tempo, antes que tudo se acabe.

Confiar nem sempre é fácil, mas em diversos momentos, especialmente no casamento, é necessário para que a vida a dois seja harmoniosa e repleta de felicidade.

Maristela Duarte

Comente e compartilhe se achar que isto é útil. Obrigado!

Recomendo que veja também estes posts:

Sobre o autor | Website

Rayane Borges é uma jovem de 20 anos que casou-se aos 16 com o bloggueiro Romaryw Borges e é feliz. Cada dia mais ela aprende e ama o mundo fascinante da internet, em especial aos blogs. Por isso dedica boa parte do seu tempo criando conteúdos que possam agregar valores na vida das pessoas.

Quer Aprender a Fazer Lindas Tiaras para Bebê?

Cadastre-se GRÁTIS e veja como Ganhar de 2 A 5 Mil Reais Por Mês Produzindo Tiaras para Bebê em Casa!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.