Casa & Decoração Guest Post Rayane Borges

Como comprar um bom imóvel na planta

Você já parou para pensar nos benefícios obtidos ao comprar um imóvel na planta? Financiamentos mais longos, um valor reduzido e a escolha de uma residência que atenda às suas necessidades são alguns dos vários benefícios existentes. Ao saber desses pontos muitas pessoas se enchem de empolgação e acabam metendo os pés pelas mãos.

Assim como em tantos outros tipos de aquisição, na hora da compra do imóvel na planta alguns cuidados devem ser tomados. Confira abaixo alguns dos principais pontos e tenha certeza de que está fazendo uma compra vantajosa e segura.

Faça uma análise completa da planta

Estudar medidas e detalhes da planta comparando-as com outras inclusive a que você mora atualmente é um ponto essencial para uma boa compra. Tenha certeza que o tamanho dos cômodos da plantas suportam os móveis que você já possui e que sobre um bom espaço para que você tenha conforto.

No caso de condomínios é importante que você também analise bem a localidade e se a planta que está adquirindo não se diferencia tanto das outras.

Faça perguntas sobre as obras

É comum vermos sites e redes sociais usadas por incorporadoras para que o status da obra seja acompanhado de perto. Por isso, é importante que você se certifique que o imóvel que está prestes a comprar também ocorrerá dessa maneira.

Caso você não tenha respostas em relação a esse ponto já pode começar a repensar sobre a compra. Se não há o que esconder não tem porque não deixar o passo a passo da obra de maneira transparente.

Guarde todo e qualquer material oferecido na venda do imóvel

Panfletos, fotos, vídeos e mensagens devem ser guardados e arquivados até a entrega do imóvel. Estes materiais servirão como prova em relação a valores e prazos, sendo assim, você poderá cobrar a empresa caso ocorra algo não desejado e fora do que foi prometido.

Estude o custo-benefício

Vários fatores deverão ser avaliados antes da assinatura do contrato. Os principais são em relação ao prazo, localização, tamanho e acabamento final (se a casa será entregue com ou sem o mesmo).

Se algum desses fatores não ser vantajoso para você procure por outro imóvel, assim você poderá evitar grandes dores de cabeça.

Pesquise o histórico das empresas

Você deve estar atento às duas empresas que estão sendo contratadas. Tanto a incorporadora que é a quem fechará o negócio quanto a construtura que é a que fará o projeto devem ser bem pesquisadas.

Faça um pente fino na internet, redes sociais ou até mesmo com seus conhecidos e anote tudo o que puder sobre ambas empresas. Se ao final você perceber mais reclamações do que elogios é melhor você partir para outras empresas.

Leia todo o contrato até às letras miúdas

Alguns dados fundamentais devem estar entre as primeiras cláusulas do contrato como, por exemplo o prazo máximo para a entrega, o atraso a ser tolerado, como se deve proceder caso desista da compra, procedimentos em caso de problemas com a construtora/incorporadora, multas em relação aos descumprimentos prometidos e garantias em relação ao encanamento e fiação elétrica.

Se o contrato não apresentar algum desses principais itens é importante que você converse imediatamente com o intermediador da venda. Antes de qualquer assinatura tenha firmeza e confiança no que está fazendo.

Seguindo esses passos você poderá fazer uma ótima compra ainda pela planta em um bom condomínio. Não se esqueça, é nos pequenos detalhes que você deve prestar atenção para que assim você possa fazer uma boa aquisição.

Sobre o autor | Website

Sou Rayane Borges, uma jovem de 21 anos que casou-se aos 16 com o blogueiro Romaryw Borges e a partir de então me apaixonei pelo fascinante mundo da internet. Também estou no YouTube. Pesquisa lá Por "Casada Blog".

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.